O primeiro Filme porno da História do Cinema

Pelo que se tem notícia, trata-se do primeiro filme verdadeiramente pornográfico da história do cinema. Uma raridade, portanto. A data, não a consegui localizar, mas, ao que parece, foi feito na primeira década do século XX.

Continue apenas se você tem mais de 18 anos!

Add a comment

O backdoor do WhatsApp permite espionagem de hacker!

O backdoor do WhatsApp permite o espionagem de mensagens criptografadas.

Um backdoor de segurança que pode ser usado para permitir que o Facebook e outros leiam mensagens criptografadas foi encontrado dentro de seu serviço de mensagens do WhatsApp.

O WhatsApp tem a capacidade de forçar a geração de novas chaves de criptografia para usuários off-line e de tornar o remetente criptografar mensagens com novas chaves e enviá-las novamente para todas as mensagens que não foram marcadas como entregues.

Esta re-criptografia e retransmissão efetivamente permite que o WhatsApp intercepte e leia as mensagens dos usuários.

Add a comment

Vamos parar de ser enganados na internet?

Você já deve ter pego um vírus em seu PC, smartphone ou qualquer dispositivo eletrônico com acesso à internet. E vamos combinar que o vírus não entra sem ser convidado, certo? É bem verdade que, em se tratando de tecnologia, as chances de ser enganado ganham proporções estratosféricas. Pois é justamente por isso que devemos tomar ainda mais cuidado.

A comunidade da internet é, essencialmente, compartilhadora de dados. Se você não pode pagar por um programa de edição de imagens famoso e mais equipado, a internet oferece dezenas de possibilidades de você instalar este mesmo programa em seu PC, de graça. Está certo? Óbvio que não! É justo que a empresa dona do software cobre o que cobra por ele? Óbvio que sim! Então como fica o consumidor? Ele compra se pode ou encontra uma alternativa entre programas semelhantes e gratuitos. Ponto!

Continue Reading…

Add a comment

Diferença entre pedri REVISÃO e entrar com AÇÃO na Justiça

Pedido de Revisão na Receita Federal: só serve quando a RF tributa encomendas ACIMA de 100 dólares numa porcentagem acima de 60% (que é o que consta na Lei).
Ex: tributaram um smartphone de 120 dólares em 85% do valor

Entrar com Ação na Justiça: serve quando a RF tributa encomendas ABAIXO de 100 dólares contando com o frete/seguro, de acordo com o Decreto Lei 1804/80. Lembrando que a Portaria e a Instrução Normativa da RF não valem porra nenhuma, Decreto Lei tem mais poder!!!
Ex: tributaram um smartphone de 98 dólares

*Caso você seja tributado em compras abaixo de 100 dólares terá que entrar com Ação de Repetição de Indébito no Juizado Especial Federal mais próximo, para baixar o modelo de ação clique aqui.

Add a comment

Devedores da União serão incluídos na Serasa

Além da parceria com a Receita Federal para combater fraudes à execução, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) pretende fechar um convênio com a Serasa Experian com o objetivo de aumentar a recuperação de débitos inscritos em dívida ativa. A PGFN se inspirou na experiência positiva adotada para protestar dívidas em cartório de até R$ 1 milhão.

Continue Reading…

Add a comment

DICA: YouTube abrindo lento???

​Se ao abrir videos do Youtube os vídeos carregam devagar, entre nesse link. E depois tenta de novo:

http://redirector.c.youtube.com/report_mapping

Add a comment

Acredite se puder: grampeador tem uma função que você nunca soube

O grampeador possui uma segunda função que quase ninguém conhece: a parte metálica que fica na parte de apoio, serve para deixar o grampo virado para fora.

Como usar um grampeador?
Um grampeador oferece duas formas para grampear folhas: ou deixar as pontas do grampo unidas ou deixar uma virada para cada lado.

Dica importante!

Caso o grampo não esteja passando pelo papel, ficando todo amassado, abra e vire o grampo de lado. Assim não terá mais os grampos amassados.

 

Add a comment

Registro de marca no INPI não garante exclusividade de uso do nome em site

A existência de registro de marca perante o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) não justifica, por si só, a proteção do direito de utilização do nome em ambientes virtuais, devendo ser avaliadas questões como o ramo de atividade das denominações supostamente em conflito e a existência de alto renome de alguma das marcas.

O entendimento foi adotado pela Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ao negar pedido de cancelamento de registro eletrônico de site por suposto conflito com uma marca de cosméticos. A decisão foi unânime.

A ação originária foi proposta pelas empresas DM Indústria Farmacêutica Ltda. e Papyrus, que alegaram ser titulares da marca Paixão, utilizada para comercialização de linha de perfumaria e cosméticos.

Segundo as empresas autoras, apesar do registro de marca, a empresa Plano Serviços de Internet Ltda. obteve o registro do site de relacionamentos amorosos paixao.com.br, concedido pela Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp). Sob a alegação de ofensa ao seu direito de propriedade, as requerentes pediram o cancelamento do registro eletrônico do domínio.

Ramos diferentes

O pedido foi julgado improcedente em primeira instância. O juiz entendeu que o registro de domínio virtual não ofendia outros direitos ou marcas registradas com o mesmo nome, pois elas pertenciam a ramos diferentes. A sentença foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Em recurso especial, a DM e a Papyrus insistiram no argumento de que eram proprietárias da marca Paixão e, dessa forma, tinham direito exclusivo à sua utilização em todo o território nacional. Elas também defenderam o combate à pirataria cibernética, com a repressão da má utilização de nomes ou marcas famosas na web e da venda ou aluguel dos domínios por preços elevados aos titulares dos produtos no mercado.

Exceções à exclusividade

O relator do recurso, ministro Luis Felipe Salomão, explicou que o direito de uso exclusivo da marca não é absoluto, havendo possibilidades de limitação por princípios como o da especialidade. De acordo com o princípio, regulado pelo artigo 124 da Lei 9.279/96, a exclusividade do uso de sinal distintivo é possível apenas a produtos ou serviços idênticos, tendo em vista a possibilidade de indução do consumidor a erro.

A mesma legislação prevê exceções ao princípio da especialidade, como no caso de marca de alto renome, definida pelo INPI como aquela reconhecida por ampla parcela do público e de sua flagrante capacidade de atrair os consumidores em razão de sua simples presença.

O reconhecimento administrativo da marca como de alto renome (incumbência conferida, exclusivamente, ao INPI) assegura-lhe proteção em todos os ramos de atividade e não apenas em relação a produtos idênticos, semelhantes ou afins, afastando, assim, o princípio da especialidade, disse o ministro.

Sem prejuízo

No caso julgado, o relator entendeu que o registro virtual do nome paixão não trouxe prejuízo às empresas detentoras dos produtos cosméticos, já que a atividade do site de internet – aproximação de pessoas para relacionamentos amorosos – não gera confusão para os consumidores.

Ademais, o referido signo distintivo (paixão) não caracteriza marca de alto renome, a ser protegida em todos os ramos de atividade, o que poderia, em princípio, a depender do caso concreto, justificar a vedação de registro de nome de domínio equivalente. É que tal condição deve ser reconhecida, na via administrativa, pelo INPI (único órgão competente para tanto), o que não ocorreu, afirmou o ministro ao lembrar da existência de vários registros do nome paixão em segmentos mercadológicos diversos.

Add a comment

Internet lenta? 6 dicas para melhorar a velocidade da internet

Imagem: Reprodução Internet

Capaz de tirar qualquer um do sério, a internet lenta é um problema recorrente em muitos lares pelo Brasil afora. Uma conexão de baixo desempenho pode ser causada por diversos fatores, entre eles erros de configuração do roteador, interferência de outras redes sem fio e até mesmo aplicativos que rodam em segundo plano. Se você está enfrentando este problema, veja abaixo uma lista com possíveis causas e dicas para melhorar a velocidade de conexão de sua internet.

Continue Reading…

Add a comment

A operadora pode cancelar minha linha pré-pago por falta de recarga?

Minha operadora cancelou a minha linha por falta de crédito. Isso pode? Se eu colocar crédito consigo recuperar minha linha?

Se você é cliente pré-pago de uma operadora e não realiza recarga no seu número de celular há algum tempo, justamente porque os seus planos e tarifas não lhe satisfazem. De qualquer forma, utiliza o número para receber ligações e conversar pelo WhatsApp. Agora a operadora manda mensagem informando que irá bloquear o seu número. Eles tem o direito de proceder com o bloqueio por esse motivo? Tenho obrigação de efetuar essa recarga? Sendo um plano pré-pago, tem algum tipo de fidelidade com a operadora?

Continue Reading…

Add a comment